Loading. Please wait...

Autoligado: Aparelho Ortodôntico sem “Borrachinha”

março 3, 2017 by Alysson Resende0
Autoligado-2-1200x800.jpg

Autoligado, a Evolução do Aparelho Fixo.

Nos dias de hoje, em que o Tempo e a Estética são fatores primordiais em nossa vida, a evolução se torna essencial para todos.

Com o avanço das técnicas, o aparelho fixo também se aprimorou. Agora o paciente já tem como optar por um tratamento bem Mais Ágil e Menos dolorido. Trata-se do aparelho ortodôntico Autoligado.

O que é o Aparelho Autoligado?

O Aparelho Ortodôntico Autoligado  é composto por bráquetes que não necessitam de ligaduras elásticas – as famosas Borrachinhas.

Os Braquetes são pequenos acessórios ortodônticos colados sobre os dentes que servirão de suporte para os fios ortodônticos.

No caso do bráquete autoligado, a peça possue um dispositivo próprio para prender o arco em seu interior. Este modelo de bráquete tem como característica uma “tampinha” que abre e fecha sobre o slot do bracket e serve para fixar o fio, dispensando o uso de borrachinhas.

Bráquetes (Autoligado) Empresa ForestaDent

Idealizados nos anos de 1930, os bráquetes autoligados só começaram a ganhar aceitação comercial nos anos 70, devido à evolução tecnológica na fabricação dos mesmos.

A diferença é que nos bráquetes Convencionais o fio é preso na canaleta com “borrachinhas” ou fio de metal amarrado.

Diferentemente, no Sistema Autoligado o fio é sustentado por uma pequena “porta” que serve para manter o arco na canaleta.

No cenário de inovações, foram desenvolvidos diversos tipos de aparelho autoligados, com destaque em especial ao TruKlear, da empresa alemã Forestadent (primeiro bráquete autoligado 100 % sem metal).

A nossa paciente Eliza Ribeiro (foto) foi a primeira a usar esse aparelho na América Latina e finalizou seu tratamento em dez meses, com um total de sete consultas.

Quais as Vantagens do Aparelho Autoligado?

São inúmeras as vantagens deste sistema Autoligado, dentre elas:

  • Não ter as famosas Borrachinhas: As borrachinhas além de facilitarem o acúmulo de bactérias, impedem a movimentação do arco, que acabam tornando o tratamento menos eficaz.
  • Facilidade na Higienização: A ausência das borrachinhas, facilita a higienização e contribui até para evitar males como o mau hálito.
  • Menor Número de Consultas: Os braquetes funcionam como uma presilha, que fixa os arcos, impedindo que eles se movam, acelerando o tratamento.
  • Consultas mais rápidas: Devido ao fato da facilidade para substituir o Arco e sem ter a famosa troca de borrachinhas.
  • Maior Conforto: Os bráquetes são menores que os convencionais e têm as bordas arredondadas.
  • Menos Machucados: Como os braquetes são menores e anatomicamente mais curvos, eles não atritam. Portanto, não causam aqueles pequenos machucados tão chatos e doloridos.
  • Totalmente estético e com cerâmica translúcida que não muda de cor.

O Aparelho Autoligado é indicado para mim?

Sempre é necessário uma primeira Avaliação Ortodôntica. Depois desta avaliação, que conseguimos analisar qual o melhor procedimento e tratamento para cada caso específico.

Contudo, de acordo com os casos já atendidos e estudados, sabe-se que para alguns casos, o aparelho autoligado é o mais indicado. Como é o caso de pacientes que têm problemas que necessitam de expansão da arcada.

Além disso, problemas relacionados à mordida cruzada ou aberta, alinhamento dos dentes, alterações ósseas entre outras, também podem ser bem atendidos por esse tipo de aparelho.

Agende conosco sua visita e conheça mais sobre este Aparelho Inovador que veio para facilitar a vida dos pacientes modernos.

 

Se interessou pelo tratamento com Aparelho Autoligado?
Preencha abaixo e nossa equipe entrará em contato para agendar uma avaliação!

[honeypot alysson]

Alysson Resende

Alysson Resende atua há mais de 18 anos com excelência nas áreas de Ortodontia Estética, Facetas de Porcelana (Lentes de Porcelas) e Reabilitação Oral. Graduado pela UFMG, especialista em Ortodontia Estética Avançada: Alinhadores invisíveis, Ortodontia lingual, Prótese e Implantes (com cirurgia guiadas). Membro da ABOR (Associação Brasileira de Ortodontia e ortopedia Facial) , da ABOL (Associação Brasileira de Ortodontia Lingual) e da SBOE (Sociedade Brasileira de Odontologia Estética). Consultor clínico da Ortodente e KOL (Key Opinion Leader) da Compass.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Copyright by BoldThemes 2016. All rights reserved.